Jorge Eduardo propõe campanha permanente contra o assédio sexual no transporte coletivo em Angra dos Reis-RJ

Vereador Jorge Eduardo propõe campanha permanente contra o assédio sexual no transporte coletivo em Angra dos Reis.

Jorge Eduardo Mascote
Jorge Eduardo Mascote

O vereador da cidade de Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Jorge Eduardo (Patriota), apresentou o Projeto de Lei n° 238/2021, que institui campanha permanente contra o assédio sexual no transporte coletivo, com o objetivo de combater esta violência nos veículos por meio de ações afirmativas, educativas e preventivas.

Segundo o proposto, os terminais de ônibus e os veículos do transporte coletivo deverão expor adesivos de caráter permanente, contendo as instruções às vítimas para identificação do agressor, o número para ligação, e os órgãos de denúncia.

As empresas de transporte coletivo, em parceria com o Poder Público ou com organizações da sociedade civil, que atuam em defesa dos direitos da mulher, conforme consta no texto, poderão oferecer cursos de capacitação para seus funcionários e funcionárias, a fim de prestar instruções sobre como agir nos casos de abuso sexual.

Na linha do proposto pelo vereador, ficam autorizados os motoristas, cobradores, ou outros funcionários de terminais de ônibus e dos veículos, a acionar a Polícia Militar nos casos de assédio sexual, para que preste auxílio inicial à vítima e contenha o agressor para encaminhamento à delegacia.

O parlamentar justifica que campanhas temporárias também são importantes, mas entende que esse crime é cometido com muita frequência, razão pela qual é necessário que haja atenção constante do Poder Público sobre essa situação. Ele afirma que sofrer assédio é a realidade do dia a dia de muitas mulheres no Brasil.

– Infelizmente o assédio sexual nos transportes coletivos é uma realidade do dia a dia das mulheres em todo o Brasil, e a opção por não denunciar ocorre muitas vezes pela certeza da impunidade dos agressores. Por isso, cabe ao Estado oferecer mecanismos que incentivem as vítimas a fazer a denúncia, e que combatam essa prática repulsiva.

Ainda segundo o proposto, os veículos do transporte coletivo deverão disponibilizar uma ferramenta de alerta, de fácil acesso, que possa sinalizar ao motorista a ocorrência do assédio sexual. Além disso, serão disponibilizadas para os órgãos competentes as imagens de câmeras de monitoramento e as informações do GPS que possam colaborar com a elucidação do crime.

Quem não é visto não é lembradoNoticie seu projeto
Comente

Veja também
Deputado federal Ricardo Izar
Ricardo Izar propõe isenção de IPI de sorvetes e gelados comestíveis

Deputado Ricardo Izar apresenta projeto de lei que isenta sorvetes e gelados comestíveis do Imposto sobre Produtos Industrializados.

Gordinho da Pax, vereador de Porto Murtinho-MS
Gordinho da Pax requer ônibus escolar e construção de ponto para alunos de Matadouro em Porto Murtinho-MS

Vereador Gordinho da Pax indica entrada de ônibus no Matadouro para buscar alunos, e construção de um ponto de ônibus em Porto Murtinho.

Deputado federal Altineu Côrtes
Altineu Côrtes propõe alteração da Lei do Serviço Militar para promover inserção de jovens no mercado de trabalho

Deputado Altineu Côrtes apresenta projeto de lei que altera a Lei do Serviço Militar para promover inserção dos jovens no mercado de trabalho.

Niltinho de Beloca, vereador de Armação dos Búzios-RJ
Niltinho de Beloca indica revitalização da entrada da Praia da Foca em Armação dos Búzios-RJ

Vereador Niltinho de Beloca indica revitalização e escada com acessibilidade para cadeirantes na Praia da Foca em Armação dos Búzios.

Cezinha de Madureira
Cezinha de Madureira propõe adequação de regras de controle de acesso a loteamentos

Deputado Cezinha de Madureira apresenta projeto de lei que adequa as regras de controle de acesso de pedestres e veículos a loteamentos.