Evandro Salermo Gã propõe ensino de educação financeira em Sapucaia do Sul-RS

Por indicação do vereador Evandro Salermo Gã, Sapucaia do Sul poderá ter ensino de noções de direito, cidadania e empreendedorismo.

Vereador Evandro Salermo Gã, de Sapucaia do Sul-RS
Vereador Evandro Salermo Gã, de Sapucaia do Sul-RS (Foto: Redes Sociais)

O vereador da cidade de Sapucaia do Sul, Rio Grande do Sul, Evandro Salermo Gã (MDB/RS), apresentou no plenário da Câmara Municipal a Indicação nº 1041/2022, solicitando a implantação de ensino de noções de direito, cidadania e empreendedorismo a partir do 6º ano das escolas municipais, para fomentar a educação financeira.

Evandro destaca a relevância do tema educação financeira, que tem por objetivo orientar ao consumo consciente, proporcionar a administração correta dos recursos, ensinar a poupar, entre outros. Para ele, integrantes de quaisquer classe social podem alcançar o equilíbrio financeiro, investir, empreender, e evitar o endividamento, desde que tenham noções de gestão do próprio dinheiro.

– O tema da educação financeira tem se mostrado relevante na sociedade brasileira em seus âmbitos municipal, estadual e federal, à medida que as dificuldades financeiras da população vêm aumentando a cada década e gerando aumento do endividamento. Quando se ensina aos alunos a praticar o consumo consciente, a administrar seus recursos e a avaliar a importância da poupança, contribui-se para uma formação financeira mais ampla e equilibrada do munícipe de Sapucaia do Sul – argumenta o vereador, e prossegue:

– A conscientização que se busca ao ensinar crianças e adolescentes a consumir de forma consciente, a poupar recursos e a investir consiste em mostrar ao aluno de qualquer classe social que é possível alcançar uma situação financeira equilibrada e sólida, que lhe permita empreender, manter-se adimplente com o Município e fomentar o avanço financeiro de seu grupo familiar, dando-lhe dignidade social e financeira e tornando-lhe possível romper com a impossibilidade de ascensão econômico-financeira.

Evandro Salermo Gã cita também a necessidade de ensinar os alunos a administrarem melhor os seus recursos, a fim de evitar maiores consequências em face das alterações financeiras impostas às famílias pela pandemia de Covid-19.

– Neste contexto de pandemia e pós-pandemia, no qual a vida cotidiana do sapucaiense, em seu aspecto financeiro, sofreu várias alterações, entre elas a do próprio mercado econômico-financeiro, necessário se faz educar alunos, a partir do 6° ano do ensino fundamental, para que administrem seus recursos.

Após o devido trâmite legislatio, a indicação do vereador Evandro, se aprovada pelos demais colegas de legislativo, será encaminhada ao executivo municipal, que tem o poder para pôr em prática o ensino de educação financeira na rede pública de Sapucaia do Sul.

Quem não é visto não é lembradoNoticie seu projeto
Comente

Veja também
Deputado estadual de Goiás, Amilton Filho
Amilton Filho propõe Programa de Atenção às Vítimas de Estupro em Goiás

Projeto apresentado pelo deputado Amilton Filho propõe o Programa de Atenção às Vítimas de Estupro no estado de Goiás.

Vereador de Colombo-PR, Evandro França
Evandro França propõe criação de escolas bilíngues com Libras e Português, em Colombo-PR

Vereador Evandro França propõe criação de escolas bilíngues em Língua Brasileira de Sinais, Libras, e Língua Portuguesa, em Colombo, Paraná.

Vereador Leãozinho, de Montes Claros
Leãozinho requer construção de ESF no bairro Interlagos em Montes Claros-MG

Vereador Leãozinho solicita construção da Unidade de Estratégia Saúde da Família, ESF, no bairro Interlagos em Montes Claros, Minas Gerais.

Vereador de Barra do Carda, Aurean Barbalho
Aurean Barbalho requer academia para a praça do povoado Capim em Barra do Corda-MA

Por indicação do vereador Aurean Barbalho, a praça do povoado Capim, em Barra do Corda, Maranhão, será incrementada com uma academia.

Deputado federal Victor Mendes
Victor Mendes propõe anistia de até R$ 150 mil para devedores do Pronampe

Deputado Victor Mendes propõe anistia para devedores do Pronampe, Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.