Banco Central estende prazo de consulta do dinheiro esquecido

A consulta da primeira fase foi estendida aos que perderam o prazo, e a segunda fase, sem calendário ainda, terá novas fontes de recursos.

Banco Central do Brasil
Banco Central do Brasil

O Banco Central, através do Sistema Valores a Receber, estendeu a consulta da primeira fase até 16 de abril, para aqueles que perderam o prazo, e informou que serão incluídas outras fontes de recursos na segunda fase, com calendário ainda não divulgado.

Os valores para resgate serão devolvidos em até 12 dias úteis após a solicitação, e a consulta poderá ser realizada através do site www.valoresareceber.bcb.gov.br. Com as novas informações e outros valores liberados, é recomendável que os cidadãos repitam a consulta.

Confira o novo calendário

A liberação ocorre conforme o ano de nascimento do cidadão ou criação da empresa.

  • até 1947: liberado em 28 de março
  • de 1948 a 1954: liberado em 29 de março
  • de 1955 a 1959: liberado em 30 de março
  • de 1960 a 1963: liberado em 31 de março
  • de 1964 a 1967: liberado em 1° de abril
  • repescagem até 1967: liberado em 2 de abril
  • de 1968 a 1971: liberado em 4 de abril
  • de 1972 a 1975: liberado em 5 de abril
  • de 1976 a 1979: liberado em 6 de abril
  • de 1980 a 1981: liberado em 7 de abril
  • de 1982 a 1983: liberado em 8 de abril
  • repescagem até 1968 a 1983: liberado em 9 de abril
  • de 1984 a 1985: liberado em 11 de abril
  • de 1986 a 1988: liberado em 12 de abril
  • de 1989 a 1992: liberado em 13 de abril
  • de 1993 a 1997: liberado em 14 de abril
  • a partir de 1998: liberado em 15 de abril
  • repescagem 1984 em diante: liberado em 16 de abril

Para a segunda fase será permitido o resgate para as seguintes situações: tarifas cobradas indevidamente, previstas ou não em Termo do BC; parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, também não previstas; e contas de pagamento pré-paga e pós-paga encerradas com saldo disponível.

Ademais, contas de registro mantidas por corretoras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários encerradas com saldo; entidades em liquidação extrajudicial; Fundo Garantidor de Créditos (FGC), e Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop).

Para consultar e sacar o dinheiro esquecido o cidadão deverá acessar o site informado pelo BC e fazer o login com a conta gov.br, não deixando para criar a conta e ajustar no dia estipulado para o resgate. Após isso, deverá ler e aceitar o termo de responsabilidade, e verificar o valor que terá a receber, a instituição e a origem, se necessário, o sistema fornecerá as informações adicionais.

Como consultar dinheiro esquecido?

Por fim, para solicitar o resgate, será necessário clicar na opção “Solicitar por aqui”, para a devolução em PIX,  na qual o cidadão escolherá uma das chaves PIX e informará seus dados pessoais e salvar o número do protocolo, caso seja necessário entrar em contato com a instituição.

A outra opção para resgate será “Solicitar via instituição”. Nessa não será efetuada a devolução através de PIX, e o solicitante deverá entrar em contato com a instituição para combinar a melhor forma de retirada do valor.

Quem não é visto não é lembradoNoticie seu projeto
Comente

Veja também
Deputado estadual de Goiás, Amilton Filho
Amilton Filho propõe Programa de Atenção às Vítimas de Estupro em Goiás

Projeto apresentado pelo deputado Amilton Filho propõe o Programa de Atenção às Vítimas de Estupro no estado de Goiás.

Vereador de Colombo-PR, Evandro França
Evandro França propõe criação de escolas bilíngues com Libras e Português, em Colombo-PR

Vereador Evandro França propõe criação de escolas bilíngues em Língua Brasileira de Sinais, Libras, e Língua Portuguesa, em Colombo, Paraná.

Vereador Leãozinho, de Montes Claros
Leãozinho requer construção de ESF no bairro Interlagos em Montes Claros-MG

Vereador Leãozinho solicita construção da Unidade de Estratégia Saúde da Família, ESF, no bairro Interlagos em Montes Claros, Minas Gerais.

Vereador de Barra do Carda, Aurean Barbalho
Aurean Barbalho requer academia para a praça do povoado Capim em Barra do Corda-MA

Por indicação do vereador Aurean Barbalho, a praça do povoado Capim, em Barra do Corda, Maranhão, será incrementada com uma academia.

Deputado federal Victor Mendes
Victor Mendes propõe anistia de até R$ 150 mil para devedores do Pronampe

Deputado Victor Mendes propõe anistia para devedores do Pronampe, Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte.